top of page

O que faz uma gestora de patrocínios?

Empresas patrocinadoras e produtores culturais recorrem ao trabalho de gestoras de patrocínio e captadores de recursos, em nome da economia, segurança e eficiência.


A cultura como conhecemos hoje, foi muito consolidada pelo Império Romano que há dois mil anos, percebeu na cultura, um grande vetor de informações, coesão social e melhoria do convívio nos territórios recém conquistados. Com o passar do tempo o mercado se desenvolveu e os espetáculos que eram apenas escolhidos e patrocinados por imperadores e políticos da época, passou a ser uma atividade horizontal e independente, sendo realizado pelos artistas, por meios próprios em troca da venda de ingressos, como operam muitos dos circos até hoje e, também, através do patrocínio privado.


Pessoas de posses e empresas passaram a se utilizar do “Mecenato”, mais conhecido como patrocínio, como uma forma de promoverem momentos agradáveis, expressarem o amor pela cultura, ocasionar reuniões sociais, apoiar setores econômicos derivados das diversas expressões culturais e, claro, fazer negócios com o público para quem expõe sua marca nesses espetáculos. Com a chegada das leis de incentivo, isso ganhou dimensões inimagináveis e grandes espetáculos são possíveis.


Se antes, quando a arte independente começou , eram os próprios artistas que iam atrás de seus patrocinadores e passavam anos realizando e apresentando aqueles trabalhos, de cidade em cidade, desde que a cultura se transformou em um setor econômico a concorrência aumentou, as temporadas diminuíram e os artistas e produtores culturais passaram a trabalhar em diversos projetos, simultaneamente, ou com um pequeno intervalo entre um e outro, por uma questão de necessidade de “pagar os boletos”. E então quem começou a ir atrás do investimento necessário para a montagem dos espetáculos? Os captadores de recursos.



A agência cultural La Fourmi é um desses exemplos. Uma gestora de patrocínios, ou, captadora de recursos que ajuda empresas a encontrarem as melhores plataformas culturais que as leve ao encontro de seu público pretendido e, por outro lado, apoiamos os produtores culturais, assumindo o risco, sem receber nada antecipadamente, somente um valor percentual sobre os valores captados com sucesso. Um risco calculado, como qualquer outro negócio.


A vantagem para as empresas é que a agência La Fourmi está habituada a lidar com projetos culturais, com gestão de contrapartidas e funciona como um “primeiro filtro” de confluência de públicos e objetivos, já que, como opera no risco, é uma parte importante do negócio, encontrar os projetos mais consistentes e viáveis, sem perder tempo apresentando para empresas que não buscam aquela experiência, exatamente para aumentar as chances de sucesso na busca por patrocinadores, no menor tempo possível.


Produtores chegam a realizar até 400 contatos, para cada patrocínio conseguido e isso não garante que o valor será suficiente, as vezes é necessário3, 4... então a quantidade de contatos necessários, também se multiplica, algo inviável para ser feito em um “trabalho paralelo”. Esse é o trabalho da agência La Fourmi,

Nosso "trabalho de formiguinha" reduz riscos e custos de produtores culturais e artistas, porque esses, só começam a trabalhar no projeto, depois que a agência consegue os patrocinadores necessários, um processo que pode levar até 1 ano para se concretizar e sem nenhuma garantia de sucesso, já que a palavra final, mesmo dos projetos aprovados nas leis de incentivo, como a Rouanet ou audiovisual, é da empresa, na hora de destinar ou não, parte de seus impostos para algum projeto que nós apresentamos.


Não é fácil e os patrocínios ainda são insuficientes para universalizar o acesso à cultura por todos os brasileiros, mas poderia ser pior. O trabalho das Gestoras de Culturais, ou, de Patrocínio, deixa produtores produzirem, atores atuarem e empresas cuidarem de seus negócios, enquanto tentamos proporcionar os melhores encontros entre as empresas e os projetos que alcançam seu público pretendido e as causas que lhes são nobres. Além de terem, na agência, uma relatora dos projetos que acompanha o desenvolvimento e a entrega de todas as contrapartidas sociais estabelecidas em contrato e previstas no projeto.

 

Sua empresa pode se beneficiar da comunicação cultural, através do apoio a projetos educacionais, culturais e artísticos. Fale com a gente.

Comments


Parede vermelha e cinza

Entre em contato

Fale com

La Fourmi

Envie uma mensagem com suas dúvidas.

Se preferir, envie um e-mail para:

  atendimento@LaFourmi.art.br 

bottom of page